Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Idéia Eurasiana e Pós-Modernismo

Quinta-feira, 03.07.14

 

 

 

Discurso na conferência constitutiva do Movimento Internacional Eurasiano

 
1 - Data simbólica da conferência: Dia de São Miguel Arcanjo (20 de Novembro)
 
É muito simbólico que estejamos realizando nossa conferência na véspera do dia de São Miguel Arcanjo. Segundo a tradição ortodoxa ele é celebrado no oitavo dia do nono mês (em tempos antigos o ano começava em 1 de março). "Nono" simboliza nove arcanjos, "oitavo" - eternidade, momento sacral de Ressurreição, quando "o tempo se converterá em espaço" e o triunfante "Fim do Mundo" - "parusia" ou dia do juízo final começam. 
 
O conservador revolucionário alemão (e é muito importante lembrar que a ideia eurasiana é uma das principais correntes da filosofia conservadora revolucionária) Arthur Moeller van den Bruck expressou um pensamento bastante profundo: "A eternidade está sempre com o conservador". Isso significa, caros associados, que a eternidade está conosco.
 
O Arcanjo Miguel desempenha na tradição monoteísta uma parte importante - ele é o arquiestrategista, líder do exército arcangélico, exército do bem que se opõe aos demônios do mal. Ele é o eixo vertical perpétuo do super drama da história mundial.
 
A luta angélica está fora do tempo e dura para sempre - ela está posta na eternidade como paradigma estruturizante. Choque de civilizações, nações, religiões, são uma projeção dela.
 
A sombra da grande batalha cai sobre a história, dando ao tempo sentido, substância e senso direcional. Segundo tudo o dito, a história se torna sagrada - se torna "hierohistória".
 
Sinais indicam que hoje estamos alcançando o último recinto do intenso super drama da história mundial. Nesse drama, as pessoas são irmãs-de-armas dos arcanjos. Em uma estrofe litúrgica ortodoxa está escrito: "E Deus deu às pessoas pouco menos que aos anjos".
 
Quase todas as religiões e tradições afirmam que globalização, "nova ordem mundial", "mundo unipolar", "gabinete mundial", etc., são símbolos de Lúcifer, construções estratégicas dos "inimigos de Deus", inimigos diretos do Arcanjo Miguel. Os cristãos identificam essa "nova ordem mundial" como "anticristo", os muçulmanos como "dadjallah", os judeus como "erev rav", os hindus como forças do Kali Yuga, os budistas como Mara, demônio da ilusão. Do outro lado de todas as diferenças entre doutrinas, rituais e dogmas, existe uma tradição especial - a tradição da luz "micaélica" velada do Arcanjo Miguel. É uma afiliação do homem à "hierohistória", o direito (e obrigação) de ser um soldado de um dos dois lados.
 
A ideia eurasiana em seu sentido mais elevado é a projeção do pilar de luz vertical micaélico sobre a história em sua fase final de redenção.
 
O Arcanjo Miguel é costumeiramente retratado com uma espada em uma mão e uma balança em outra. Balanças significam justiça. O filósofo alemão Heidegger em suas "Holzwege" analisou um poema muito importante para nós de Reiner Maria Rilke. Ele era sobre "passar as balanças do comerciante para o Arcanjo".
 
Essas palavras são cruciais para nós - elas podem ser usadas como manifesto da ideologia eurasiana: "passar as balanças do comerciante para o Arcanjo". "Nova ordem mundial", globalização, "mundo unipolar" - ordem social do poder mercantil baseada em direitos humanos e valores liberais que impõem paradigmas e critérios à vontade.
 
A ideia eurasiana ao contrário é radicalmente diferente em interpretação da história do mundo. Ela significa uma renovação radical da saúde cultural, isto é, eu repito novamente, "passar as balanças do comerciante para o Arcanjo" - o Arcanjo Púrpura (Sohravardi).
 
A ideologia eurasiana implica mudança do paradigma atual para o paradigma micaélico do espírito e eternidade.
 
A sinfonia eurasiana de nações, culturas e tradições é como o farfalhar de asas.
 
2 - De partido político ao Movimento Internacional Eurasiano
 
As fases organizacionais da ideia eurasiana são representadas como um processo dinâmico. Como os vivos, a ideia eurasiana se desenvolve de uma forma fixa para outra.
 
A história dos esforços políticos e organizacionais dos primeiros eurasianos foi objeto de ampla especulação em nossas ações anteriores; os detalhes você pode ler no livro já publicado "As Bases do Pensamento Eurasiano" e em outras resenhas.
 
A história da ideia neoeurasiana não está ainda esquadrinhada de perto. A ideia neoeurasiana reaparece em meados dos anos 80 na Rússia. No início era um pequeno círculo ideológico. Em uma data posterior, havia editora, revistas, livros, programas de rádio e televisão, a "Nova Universidade". Em 2000, o movimento político russo "Eurásia" foi estabelecido, e então reorganizado como partido político. Hoje nós damos o passo seguinte, e estabelecemos o "Movimento Internacional Eurasiano". Cada fase é um passo consecutivo. O vetor substancial permanece constante, sua aplicação às condições sociais concretas demanda novas decisões. Cada fase tem seu próprio valor e significância. Quando um ciclo chega ao fim, o novo ciclo começa.
 
Dois anos de estruturação do partido político mostraram tanto vantagens como falhas. A vantagem é a popularidade crescente das ideias eurasianas, e a prontidão de meus aderentes e seguidores em expressar esforços organizacionais. Eu estou grato a todos que participaram em uma curta fase de estruturação do partido político. O experimento partidário demonstrou que as ideias eurasianas gradualmente ampliam sua influência; e hoje há pessoas dispostas a formarem a base da organização russa.
 
Ao longo desses três anos nós publicamos um grande número de livros, coletâneas de textos, realizamos dúzias de conferências e simpósios, e discussões científicas e mesas-redondas editoriais.
 
Eu publiquei mais de 100 artigos teóricos; dei incontáveis entrevistas em diferentes mídias de massa. Provavelmente, não há políticos com os quais não discuti as ideias eurasianas.
 
O partido político era a chave para a popularização da ideologia neoeurasiana, mas desde o primeiro momento estava fazendo notar a todos que a ideia eurasiana é mais ampla que um partido. Em primeiro lugar, é movimento ideológico e espiritual, filosofia política e weltanschauung. A ideia eurasiana pode estar na estrutura de um partido, mas nunca apenas dentro de seus limites. É sobre isso que os primeiros eurasianos escreveram.
 
As eleições desse ano mostraram que o aparecimento da ideia eurasiana como partido político é precoce. Se somos um partido, outros são uma outra coisa. Se eles representam partidos reais, então nós não. Se consideramos este como o ponto de partida, nós podemos falar sobre a experiência negativa de operar sob a forma de partido.
 
Nós nos deparamos com a inconsistência entre a grandeza e atualidade da própria ideia eurasiana e sua assaz modesta encarnação na política russa contemporânea. A inevitável derrota eleitoral de P. Borodin e seu partido que estava constantemente flutuando sobre o nível zero definitivamente prova tudo que foi dito acima.
 
Ao mesmo tempo, líderes dos maiores partidos parlamentares ("Edinaya Rossya", "KPRF", "SPS") expressaram sua tolerância das ideias eurasianas em conversas privadas comigo e em entrevistas e debates públicos na TV. A forma partidária da ideologia eurasiana os faziam nos considerarem seus rivais.
 
Há vários anos nós temos desenvolvido atividade internacional. Eu tive negociações com o presidente da República do Cazaquistão Nursultan Nazarbayev, com altos funcionários das administrações de Leonid Kuchma, Vladimir Lukashenko, Askar Akaev, Emmamali Hahmonov, Heidar Alyev, Robert Kocharyan e também com o orador do parlamento armênio, com o vice-orador do parlamento georgiano e muitos outros. Todos eles demonstraram interesse em apoiar as ideias eurasianas. Mas, como o partido só podia funcionar dentro da estrutura do sistema legal russo, nós encontramos obstáculos insuperáveis.
 
Nós tomamos em consideração tudo o dito acima e trabalhamos conjuntamente na constituição do Movimento Internacional Eurasiano. Nosso movimento possui um forma não-político e não-partidário. É um movimento social que promulga ideias, projetos, filosofia, espírito.
 
Nossas opiniões permanecem inabaláveis, mas em termos organizacionais nós nos situamos em uma nova forma, nós ultrapassamos as fronteiras de um estado e imediatamente fortalecemos nosso potencial. Movimentos eurasianos se registraram oficialmente não apenas em todos os países da CIS exceto Turcomenistão e Uzbequistão, mas também nos países bálticos, Inglaterra, Itália, Suíça, Turquia, Líbano, Espanha, Portugal, Paquistão, Israel, Austrália, etc. Juntos nós emergiremos como membros de uma organização internacional "continental", sólida e poderosa.
 
Estando organizados como partido político russo nós experimentamos muitas dificuldades em estabelecer conexões com confissões tradicionais que evitam a política sob qualquer forma, mas hoje nós somos capazes de dar filiação a organizações religiosas ou de sermos uma parte orgânica de diferentes estruturas religiosas, por exemplo minha participação individual no presidium do Sínodo Nacional Russo liderado por Sua Santidade o Patriarca Alexey II. Hoje, se tivermos boa vontade, podemos nos unir ao Sínodo enquanto coletividade. Assim todas as questões com a Igreja Ortodoxa Russa, com o Conselho Espiritual Islâmico da Rússia, com organizações religiosas hindus, judaicas, budistas, protestantes e de velhos crentes, relativas a nosso status organizacional tem um fim.
 
Outro tipo de participação coletiva são as organizações sociais. Eu posso dizer que os líderes da "comunidade georgiana da Rússia" (com mais de 300.000 membros individuais) já concordaram em se unir a nós sob a forma de participação coletiva. Se este processo continuar, nós podemos falar em milhões de seguidores em um futuro recente.
 
O sistema jurídico russo não possui procedimentos relativos à transformação de um partido em movimento internacional, de modo que decidimos agir por nossa própria conta - nós estamos constituindo o Movimento Internacional Eurasiano como uma realidade completamente nova, ainda que este seja um progresso lógico de nossa organização que possui uma história de mais de 20 anos. Hoje eu convido todos os aderentes da ideia eurasiana a que se unam a nós em nosso movimento.
 
Nós não temos dogmas, nós temos ideias, e estamos abertos a todos que queiram partilhar.
 
3 - Rede Alternativa Eurasiana no Mundo Pós-Moderno
 
Eu gostaria de falar sobre o próprio momento histórico em que vivemos. A era atual é a da pós-modernidade. Isso significa que os tempos da modernidade já passaram. Tudo que compreendia a substância da Era do Iluminismo - modelos sociais, culturais, ideológicos, políticos, científicos e econômicos se exauriram completamente. Nós somos testemunhas de uma nova era - a era do pós-modernismo que não pode ser detida por qualquer meio.
 
A era da pós-modernidade é a era da globalização, da ultra-liberalização e dominação do mundo unipolar, do estilo de vida em rede, cancelando as formas tradicionais de identidade - estados nacionais, confissões, grupos étnicos e até mesmo a família e o gênero. A "sociedade aberta" emerge no lugar do governo, extremismo religioso e indiferença ao invés de confissões tradicionais, indivíduos ao invés de nações, clones e ciborgues transgênicos ao invés de pessoas comuns. O pós-modernismo destrói o modernismo em cada aspecto.
 
Em outras palavras quando o modernismo começou a evoluir ele era oposto pela sociedade tradicional, mas esta oposição era formal e foi facilmente superada pelo modernismo. Mas uma parte da tradição aceitou o desafio do modernismo e investiu suas energias em uma nova ideologia - com modernismo exterior e tradição interior: nós podemos falar de todas as doutrinas neoliberais - nacionalismo, socialismo, social-democracia, revolução conservadora. O liberalismo permanece como a ortodoxia do modernismo. Mas quando ele superou seus rivais ideológicos - fascismo, comunismo e mesmo a social-democracia - a era do pós-modernismo teve início. A única diferença está no absolutismo e não-alternatividade da doutrina. 
 
O pós-modernismo hoje venceu sua vitória mais desejada - controle sobre a história, sobre a sociedade tradicional e mesmo sobre o modernismo. Hoje podemos nos opor a ele, mas como no passado isso será bastante formal. Na realidade é:
 
* Estado nacional vs. globalização;
* Dualismo geopolítico de Terra e Mar vs. "o Dilúvio";
* Família tradicional e processo normal de renascimento vs. operações transgêneras, casamento unissexual e produção de clones;
* Coletivismo vs. individualismo total;
* Realidade vs. "tela da televisão" e falsificações televisivas;
* Economia real vs. neoeconomia financeira e virtual.
 
Aqueles aspectos do modernismo que não foram incluídos no pós-modernismo, juntos lutam contra o pós-modernismo. Esse fato torna possíveis alianças de conservadores e socialistas.
 
A filosofia eurasiana apresenta uma compreensão única da situação presente muito antes de outras doutrinas, afirma que devemos investir nossa energia em um novo projeto de desafiar o pós-modernismo ao invés de simplesmente nos opormos a ele. Em outras palavras, nós devemos colocar a substância eurasiana na forma do pós-modernismo. Essa é a luta pela eternidade.
 
Arthur Moeller van den Bruck, conhecido teórico da Revolução Conservadora, amigo de D. Merejkovsky e tradutor de Dostoevsky em alemão, em seu "O Terceiro Império" escreveu: "Os conservadores se opuseram à revolução no passado, mas hoje nós devemos liderá-la e lhe dar a direção apropriada". Nós, aderentes da ideologia eurasiana, devemos agir da mesma forma: nós estamos sustentando a Tradição e sacrificaremos a forma à substância.
 
Eu repito - eurasianismo é pós-modernismo, mas com uma substância interior radicalmente diferente. Nós aceitamos o desafio da globalização, admitimos que todos precisamos de novas regras para jogar o jogo. Nós não estamos lutando pelo passado, nem na política, cultura, ou economia, mas propomos um cenário original e autossuficiente para o futuro.
 
Os princípios do pós-modernismo eurasiano são:
 
* Após a queda do estado nacional, a globalização deve levar não a um "Império Global" unido, mas a diversos impérios continentais. (Constelação de impérios contra o Império);
* Que a Terra seja tão global quanto o "espaço atlântico";
* Mudança da ética de gênero pelo retorno a formas arcaicas e experimentos neosacrais;
* O indivíduo se fundirá em uma nova forma de identidade coletiva - extática e imperial pela radicalização da experiência da solidão;
* Símbolos e sinais de TV substituíram coisas materiais - nós devemos nos tornar mestres das telas de televisão, estabelecer controle sobre o Símbolo e suprimir o show do pós-modernismo;
* Até mesmo a economia real foi banida pela virtual. Nós devemos irromper no coração das trocas eletrônicas e para lhe dar o golpe fatal. (Operação "Soros Eurasiano", colapso da moeda global pela Grande Ideia);
* Partido político - instrumento rudimentar do modernismo. O eurasianismo é a rede global. Nós devemos estar em todo lugar e em lugar nenhum ao mesmo tempo, prontos para estar juntos para ação coletiva incandescente a qualquer momento.
 
Nós estamos em um novo milênio. Seu código é abominável, mas nós devemos proferir a Palavra viva com o poder, suficiente para infectar irreversivelmente o sistema operacional do mundo.
 
4 - Atualidade do Movimento para a Política Atual
 
Poucas palavras sobre a Rússia. Desde um ponto de vista nós experimentamos mudanças positivas no clima político de nosso país. Vladimir Putin finalmente se torna ele mesmo. A ala globalista e ultraliberal da política russa está sendo suprimida. Funcionários orientados pelo atlantismo abandonam seus cargos ou vão para a prisão. Isso significa que o pós-modernismo e a globalização se deparam com uma forte repulsa da parte do Presidente Putin e seu ambiente conservador. As autoridades mais e mais apelam à religião, aos valores tradicionais e à cultura. Nós, eurasianos, saudamos e apoiamos.
 
Quando encaramos a globalização e o ultraliberalismo em nossa política nós compreendemos que isso não é apenas um "complô", mas um esquema de desafios iniciados por poderes históricos e ideológicos bastante fortes.
 
Os executores comuns estão na superfície, mas os verdadeiros mecanismos do pós-modernismo estão ocultos. Se opor a eles pela salvação do estado nacional, de esquemas industriais tradicionais - protecionismo ou economia de mobilização certamente não é o bastante.
 
Sob essas circunstâncias o nacionalismo, a xenofobia e o patriotismo caricaturais são capazes de acabar com a Rússia bem mais rápido que a globalização. É por isso que a teoria eurasiana é tão importante e atual.
 
Primeiro. O patriotismo eurasiano é capaz de se opor ao nacionalismo e à xenofobia (Império vs. Estado - isso permite que várias nações diferentes se unam em uma nova organização geopolítica global e permaneçam seguras quanto a seu próprio futuro).
 
Segundo. O objetivo principal do Movimento Internacional Eurasiano é ampliar a integração em todo o espaço pós-soviético. É integração da sociedade civil e suas instituições fundamentais, levando em consideração características culturais, étnicas e confessionais.
 
Terceiro. A constituição rápida da União Eurasiana resolverá muitos problemas internos da Rússia, incluindo o principal problema do ano de 2008 - a continuidade de poder de Putin a seu sucessor. O novo sistema governamental resolverá essa questão. Segundo ela, haverá medidas preventivas implementadas contra o separatismo étnico na Rússia, Cazaquistão e outros países da União.
 
Quarto. O eurasianismo promoverá a integração com a União Europeia.
 
Quinto. Nosso movimento ajudará nosso país a intensificar a cooperação com a Ásia e o mundo islâmico.
 
5 - Estrutura do Movimento Internacional Eurasiano e Linhas Gerais de sua Atividade
 
O Movimento Internacional Eurasiano será representado como uma rede.
 
O Comitê Eurasiano coordena as atividades de seus departamentos, melhora a estrutura geral do Movimento. O departamento funciona segundo objetivos e tarefas escritas na Constituição do Movimento, e   apresentam sua política segundo o Comitê Eurasiano e o Supremo Conselho.
 
O Comitê Eurasiano constitui o "Clube Econômico Eurasiano" que apoia financeiramente o Movimento, seus projetos especiais, diferentes conferências, financiam a edição de livros e outros materiais e projetos midiáticos. Representantes de bancos e da indústria pesada, diferentes empresários expressaram sua vontade de se unir a este clube.
 
Segundo a Constituição do Movimento, nossa organização pode unir indivíduos e diferentes movimentos sociais, organizações e pessoas jurídicas. Em outras palavras, todos que partilham de nossas ideias.
 
Nós temos um grande número de departamentos na Rússia baseados em nossas estruturas organizacionais prévias. Hoje nós saudamos convidados de 18 regiões da Federação Russa, que formarão a base regional de nosso movimento. Nós também recebemos cartas de saudação de mais de 28 regiões da Federação.
 
Aderentes de 34 países expressaram a vontade de constituir departamentos de nosso Movimento. Outros 19 possuem grupos de iniciativa.
 
Nossa principal força está em nossa mente, atividade e conexão uns com os outros. Nós devemos fazer uso das comunicações de massa. O que é apresentado na internet existe na realidade. A internet é um de nossos principais instrumentos.
 
Poucas palavras sobre a mídia de massa. Amaldiçoar a TV, a imprensa e a mídia é inútil. É claro que há meios monstruosos de pós-modernismo, conjurados para enganar as pessoas, e para transformá-las em biomecânica. Nós devemos fazer o possível para estarmos do outro lado da tela, divulgando. Lembrem-se que os funcionários da TV são pessoas também. Nós devemos capturar suas almas em nossa rede eurasiana. Nós devemos também financiar nossa própria mídia.
 
O principal ponto de nossas ações - adesão à Tradição. Mais perto do berço - valiosamente para nós. A fé é tudo.
 
Aderentes do eurasianismo ao redor do mundo devem trazer à vida e apoiar as confissões tradicionais. Para a Rússia é a Igreja Ortodoxa Russa e especialmente o Velho Rito.
 
Nós devemos constituir a internet eurasiana, canais de TV e uma mídia de massa eurasiana. Hoje nós já podemos falar em uma "ciência e cultura eurasianas", etc.
 
Os verdadeiros eurasianistas devem ser reconhecidos pelos olhos flamejantes e pela luz interior que vem de seus corações, sua mente clara e vontade férrea.
 
Se o pós-modernismo seguir seu rumo sem mudanças nós logo seremos enfrentados por ciborgues, clones, golens atlânticos, hordas de "gogs e magogs".
 
Eu creio que logo, ser aderente do eurasianismo será simplesmente ser um homem.

geopolitics 

Global

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Azunizar às 04:57





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031





comentários recentes

  • Fada do bosque

    Quanto ao Serrano e hiperbóreos e a "sublimaç...

  • Fada do bosque

    Continuação"Em verdade, há, respondemos. Esperemos...

  • Fada do bosque

    Continuação:"Mas a clarividência , simbolizada pel...

  • Fada do bosque

    Acho que devo ficar aqui as palavras sábias de Bla...

  • Fada do bosque

    O Nacional Socialismo é um conceito, foi empregado...

  • Tibiriçá

    "Ouvi" dizer que os grandes monstros astrais, as e...

  • Anónimo

    Fada, embora haja muita controvérsia com relação à...

  • Fada do bosque

    Ainda e em resposta a Serrano, quando nega o Amor ...

  • Fada do bosque

    Olá Tibiriçá,"Ouvi" dizer que os grandes monstros ...

  • Azunizar

    Obrigado VOZ, já conhecia o documentário postei no...